Postagens

Imagem
14/12/189:09


Obras de urbanização progridem em Vicente Pires Da drenagem pluvial, mais de 60% já foram executados nas primeiras áreas a receber o licenciamento. A região foi dividida em 11 lotes com licitações diferentes DA AGÊNCIA BRASÍLIA, COM INFORMAÇÕES DA SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E SERVIÇOS PÚBLICOS Desde 2015, quando começaram as obras de infraestrutura em Vicente Pires, as ações de drenagem pluvial progrediram 63% e 64% nos Lotes 3 e 7, respectivamente. A pavimentação asfáltica concluída nas duas áreas foi de 50% e de 45%. As obras de infraestrutura em Vicente Pires incluem pavimentação asfáltica e drenagem pluvial nos 2,2 mil hectares da região administrativa. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília Para organizar as intervenções, os cerca de 2,2 mil hectares da região administrativa foram divididos em 11 lotes. Cada área teve uma licitação diferente. A última ocorreu em junho deste ano, e a previsão é que todos os serviços estejam prontos até o fim de 2019. Com o sistema de …
Imagem
Lei de Uso e Ocupação do Solo: governo sancionará sem mudanças estruturais Em entrevista coletiva nesta quarta (12), Rollemberg defendeu que medida é salto civilizatório para o ordenamento territorial do DF. Vetos à proposta, aprovada pela Câmara Legislativa, dependerão de análise técnica e jurídica MARYNA LACERDA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA A Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos) será sancionada pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg. O chefe do Executivo local informou em entrevista coletiva à imprensa, nesta quarta-feira (12), no Palácio do Buriti, que não haverá modificações estruturais da proposta. A Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos) será sancionada pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg. O chefe do Executivo local informou em entrevista coletiva à imprensa, nesta quarta (12), no Palácio do Buriti, que não haverá modificações estruturais da proposta. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília. “A espinha dorsal da Luos não muda. A lei, como foi aprovada, reflete o interesse …
Trânsito na Estrada Parque Vicente Pires está liberado Segundo o DER-DF, não há risco de nova erosão em trecho afetado nessa sexta (16) após o Córrego Samambaia transbordar SAMIRA PÁDUA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA O trânsito no trecho da Estrada Parque Vicente Pires, sentido Águas Claras, cuja pista sofreu erosão nessa sexta-feira (16), foi liberado às 20 horas deste sábado (17). As obras de recuperação na DF-079, próximo ao Viaduto Israel Pinheiro, já foram concluídas e, de acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), não há risco de nova erosão. A contenção do trecho erodido foi feita com vigas metálicas, pedras e areia. Uma tubulação de esgoto da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), que ficava sob a via, foi remanejada do local. A outra deverá ser removida na próxima semana. Os danos na via aconteceram nessa sexta-feira (16) depois que o Córrego Samambaia transbordou. Enquanto ocorria a reparação, o acesso e a saída de Águas Claras foram feitos…
Imagem
Bolsonaro confirma criação de superministério da Economia e fusão de Meio Ambiente e Agricultura A decisão foi anunciada hoje, após reunião na casa do empresário Paulo Marinho, no Rio de Janeiro (Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agencia Brasil ) LEIA TAMBÉM:Após aceno de Bolsonaro, quais as chances de a reforma da Previdência ser aprovada ainda em 2018? Os ministérios da Agricultura e Meio Ambiente serão fundidos no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), assim como as pastas da Fazenda, do Planejamento e da Indústria e Comércio - formando este último o superministério da Economia. A decisão foi anunciada hoje (30), após reunião na casa do empresário Paulo Marinho, no Rio de Janeiro. O coordenador de economia da campanha de Bolsonaro, Paulo Guedes, apontado como futuro ministro da Economia, confirmou a criação do superministério, enquanto o deputado federal Onyx Lorenzoni

Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro

Planalto chegou a anunciar adiamento para não prejudicar o Enem Publicado em 15/10/2018 - 21:40 Por Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil Brasília
O Palácio do Planalto informou nesta terça-feira (15) que o início do horário de verão será mantido no dia 4 de novembro, cancelando um novo adiamento.   Geralmente, o horário começa em outubro, mas foi adiado para novembro em virtude do segundo turno das eleições. No começo do mês, o governo federal chegou a anunciar que adiou o início do horário de verão para o dia 18 de novembro por causa de um pedido feito pelo Ministério da Educação para não prejudicar os candidatos do Enem. O exame será aplicado em dois domingos. O primeiro deles será o dia 4 de novembro. O ministro da Educação, Rossieli Soares, já contava com o adiamento e chegou a comemorá-lo. “Candidatos terão mais tranquilidade para fazer as provas! Caso o horário de verão iniciasse no primeiro dia de provas do Enem, como estava previsto, muito provavelmente acarretaria pre…
Agência Brasília e redes sociais do governo voltam ao ar Site de notícias e mídias digitais estavam suspensos desde 7 de julho, início do período eleitoral. Medida foi determinada pela Secretaria de Comunicação DA AGÊNCIA BRASÍLIA Com o fim do período eleitoral, a Agência Brasília e as redes sociais do governo do Distrito Federal voltaram ao ar nesta segunda-feira (29). Os conteúdos noticiosos e os perfis das mídias digitais dos órgãos da administração pública direta e indireta do Distrito Federal estavam bloqueados desde 7 de julho. Determinada pela Instrução Normativa nº 2 da Secretaria de Comunicação, a suspensão terminou nesse domingo (28), quando ocorreu o segundo turno das eleições.
Imagem
Sete candidatos ao governo do Distrito Federal participam de debate TV Bandeirantes reuniu Miragaya (PT), Fátima Sousa (Psol), Rogério Rosso (PSD), Ibaneis (MDB), Alberto Fraga (DEM), Rodrigo Rollemberg (PSB) e Eliana Pedrosa (Pros). Por G1 DF 17/08/2018 09h04 Atualizado 17/08/2018 09h48