12/2/16  21:45
ATUALIZADO EM 12/5/16 ÀS 18:05

Receita do DF encontra irregularidades em depósito de bebidas de Vicente Pires

Além de sonegar imposto, comerciante não tinha cadastro fiscal para exercer a atividade na região



. Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília

Um depósito de bebidas em Vicente Pires foi interditado, nesta sexta-feira (12), após investigações da Subsecretaria da Receita, integrante da Secretaria de Fazenda do Distrito Federal. O responsável pelo negócio não tinha cadastro fiscal para exercer a atividade na região e cometia irregularidades, como não recolhimento do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) e venda de produtos sem nota fiscal.
O valor total da mercadoria encontrada foi de R$ 483 mil. Com base nisso, os auditores calcularam a quantia devida em tributo e multa: R$ 446 mil. A multa fiscal é de 200% sobre o imposto. Além da penalidade administrativa aplicada pela Receita do DF, o responsável pela atividade irregular também poderá responder por sonegação fiscal.
“O que acontece é que comprando e vendendo mercadorias de forma ilegal não há o pagamento de imposto. É dinheiro que deixa de entrar para a saúde, educação e atividades sociais da cidade”, destacou Amarildo Vitoraci, auditor fiscal da Fazenda e chefe do Núcleo de Fiscalização Itinerante.
Ele contou que as investigações começaram quando auditores suspeitaram de uma compra, vinda de fora do DF, com grande volume de mercadoria para o endereço em Vicente Pires. Diante da suspeita, a equipe decidiu inspecionar o negócio, mas foi impedida logo após a entrada de um caminhão no depósito. Com apoio da Divisão de Crime contra a Ordem Tributária da Polícia Civil, o comerciante liberou o acesso.
Nota fiscal
Além de não ter empresa constituída e com licença para exercer atividade naquela região, os auditores identificaram várias irregularidades. Há diversas compras com notas ficais emitidas para pessoa física em vez de jurídica, não recolhimento do ICMS e produtos revendidos sem nota fiscal.
Vitoraci informou que as investigações vão continuar. Após a autuação pelas mercadorias encontradas nesta sexta-feira, a Subsecretaria de Receita seguirá apurando compras anteriores que foram entregues no depósito de bebidas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Laboratório Sabin em Vicente Pires

Academia IPPON traz artes marciais para Vicente Pires

Nova Farmácia Pague Menos